domingo, 25 de abril de 2010

"Se as coisas são inatingíveis, ora! Não é motivo para não querê-las.
Que tristes seriam os caminhos, se não fora a presença distante das estrelas! "
Mário Quintana

Hoje acordei diferente. Pintei minhas unhas de pink-aparece-lá-na-esquina. Acordei pensando melhor. Sorrindo mais. Claro, instável como sou, posso desabar de chorar a qualquer momento. Mas, sinceramente, duvido muito que isso aconteça.
Acho que sou uma ostra. Não uma ostra normal, daquelas que nascem, vivem, se reproduzem, morrem. Sou diferente. Em algum momento da minha vida, engoli  um grãozinho de areia. Talvez, já tenha até nascido com esse grãozinho dentro de mim. Ele dói. Ele machuca. Infecciona. Me faz sofrer. Não deixa que eu me relacione normalmente. 
Mas, eu tenho descoberto o que fazer para que a dor cesse. Totalmente, não dá. Mas posso aliviá-la. Para aliviar a dor, tenho que me envolver com esse grão. Tenho que dar tudo o que tenho, toda a minha disposição, toda a minha energia. Tenho que cobri-lo, com uma substância lisa e branca. E um dia, provavelmente quando eu já estiver morando nas estrelas, esse grão vai parar de me causar dor. Ele vai virar um tesouro. Vai virar uma pérola.
Mas, enquanto eu ainda não posso dançar balé na Lua, eu posso sonhar. A distância é bela. O deserto é belo. Ele guarda um poço, mesmo que eu não o veja. Vou despertar a palavra que dorme. Despertarei a palavra que abrirá o baú dos meus sonhos. Ela é a senha da minha vida, do meu mundo. Procurarei-a sempre. Se tarda o encontro, se não a encontro, minha procura ficará sendo minha palavra.
Enquanto eu procuro, eu penso: por que não querer o inatingível? Se é possível complicar, por que não? Por que privar-se da incerteza, da dúvida? Por que não viver com esperança? Pode ser que nem tudo precise ser premeditado e friamente calculado, não? Por que não permitir que a vida me surpreenda? Por que não arriscar, hein? Príncipes nunca salvaram donzelas seguras.

 

6 comentários:

Gabriela Iamara disse...

"Príncipes nunca salvarão belas seguras" mais uma pérola sua a ser adicionada ao meu bloquinho-de-admirações-à-Doth!

Amei Doth, de verdade.
É incrível como é fácil identificar-me a textos seus♥

Yonara disse...

adorei seu blog, sério!
e amei muito esse texto
acho que passarei aqui mais vezes, haha.
beijo linda.

Jaíce Cristina disse...

Sonho e revivo aqui. Lindo.

H. Kennerly disse...

Vontade de te dar um baaaaaaaita abraço!

Natália disse...

gostei muito do teu blog flor!
vou seguir!
(:
segue-me também?

http://ncavalcante.blogspot.com/

beijinhos!

Day disse...

Amore, tem um selinho pra vc no meu blog viu? Beijão.