domingo, 18 de abril de 2010

Você é feito de nitroglicerina? Don't worry, you will survive!

Há um tempo, eu estava pensando na substância química que melhor me definiria. Achei. O nome da dita é nitroglicerina:

A nitroglicerina é uma substância amarelo-esverdeada, líquida à temperatura ambiente, e um dos explosivos químicos mais potentes que existem. Como todos os explosivos químicos, ela tem moléculas muito instáveis, que se decompõem muito rápido após uma ignição, liberando grandes quantidades de gás e calor.

 Extremamente instável, explosiva, reage rápido a estímulos. É, minha mãe deve ter bebido algumas doses de nitroglicerina quando estava grávida. Me define perfeitamente. Quase todos os dias eu mergulho em uma fossa profunda e terrível. Ora estou gargalhnado, ora um sinto um nó na garganta, uma vontade de chorar e de nunca mais sair dos meus lençóis, onde me sinto sublimemente segura. Escrevi há pouco tempo sobre viver a sua depressão com toda a intensidade que julga que ela mereça, para depois tentar dar a volta por cima. Qual não foi a minha surpresa, quando eu percebi uma grande falha no meu método! Essa "volta por cima" dura muito, muito pouco! Em menos de 24 horas após a sensação de alívio, a depressão voltava. Com força. O que fazer?
Tentei a clássica estratégia do "pelo menos". Estou sentindo-me sozinha, gorda e fraca? Pelo menos eu ainda estou viva. Não funcionou. Eu não conseguia dizer se estar viva era realmente uma vantagem. Tentei depois apoiar-me em chocolates e doces para sair da fossa. Inútil. 
Mas, enfim, um sopro me mostrou como estou sendo infantil. Eu sou jovem. Sou forte. Sou inteligente e bonita, mesmo que não veja isso na maior parte das vezes. Me sinto triste e cansada de tudo, mas será que há motivo para tanto? Eu tenho pessoas que me amam (só meus pais, que eu me lembre agora, mas a intensidade deles é tanta que quase me basta). Deus me ama, todos insistem em me dizer (e por mais que eu diga que acredite, é dificil ter essa certeza constantemente). Estou no auge da minha vida, outros afirmam. Então, por que eu perco tanto tempo ficando triste? 
A vida é bela, Doroth. Você é bela. Você vai encontrar o que procura. Você vai sim. Put a smile upon your face. Take your head high. Don't cry. You have all your live to live, all your love to give. You'll survive, girl!
YEAHHHHHHHHHH!



6 comentários:

Mariana disse...

tristeza é normal, mas não adianta muito no fim das coisas: é só ter perseverança que você começa a enxergar 'melhor' :D adorei doth!

Day disse...

Hehehe, muito bom Doth, muito muito bom. Divertido seu texto. Gostei bastante. We'll survive!!! o/ beijão

Cami Rocha disse...

THAT'S IT, BABY!

E eu comecei a escrever meu blog pessoal pra botar fora os exu, tipo uma terapia.

Tem que querer melhorar, essa tristeza não passa de um dia para o outro. A gente tem que se forçar. E no fim do ano, comecei ir ao psicólogo e nossa, tem me feito um bem danado =)

Adoradora de Cristo disse...

Olá querida!!
Com que então sentes-te como a substancia química nitroglicerina!! Acho que foste a primeira pessoa no mundo a ter essa ideia!

Os teus textos são muito expressivos, e este não é excepção! Todos nós, em algum momento (as vezes muitos momentos) na vida passamos pela mesma coisa que tu! O importante nessas horas é olhar para o Pai do Céu e conversar com Ele! Ler a Bíblia (os Salmos ajudam muito!) Podia dizer para ficares a frente da tv a comer doces ou a ficares a lamentar-te no quarto, mas isso nunca resultou comigo. só me fez sentir-me pior =/ Deus é Fiel!! O Melhor amigo em todos os momentos: até nos piores! bjs

Jaíce Cristina disse...

Uma deprê básica, florr...
Isso logo passa. ^^
E além de tudo, vc escreve lindamente,transmite alegria, paz, e faz a gente dar risadas com suas 'loucuras'. Adoor vir aqui. ^^
beeijo

Keyla Mendes disse...

Nitroglicerina??? Gostei!! =D

Nada mais poético que a depressão, todos passam por isso, felicidade e alegria todos os dias é ilusão.
Só tenho uma objeção:
Só seus pais te amam??? Como assim??
Assim você me ofende...
Eu também te amo, e você sabe disso...

Continue escrevendo esse blog, você é linda e tenho certeza: We will survive.