segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Do amor e das flores

'Pai, meu coração é um jardim que borbulha cores e perfumes. Conta com um Guardião Perfeito, que nunca deixa faltar nem luz, nem água. É selvagem, lindo, perfeitamente em evolução. Se escutares o que diz cada florzinha que mora dentro dele, verás que cada uma delas (sem exceção!) é terna, frágil e bem intencionada. No entanto, está-me custando oferecê-las hoje ao Teu amor. Elas preferem deitar-se na terra, abdicar tudo, sentir no pó o gosto amargo da orfandade e deserção.
Antigamente, foi fácil fazer a oferta. Hoje, porém, não o é mais. Percebo que o Senhor está as espreitando, como se ansiando pelo momento em que poderá colhê-las com suas ternas mãos, que não fazem mais tanta cerimônia como antigamente...
Mas, sabe? Acho que até prefiro que se sinta à vontade comigo. Que me trate como alguém de casa, amiga íntima. Tens a minha autorização para abrir as comportas do meu jardim e trabalhar nele como quiseres! Continua, Pai, a Tua obra. Se encontrar alguma resistência de minha parte, não me leve a mal! É que amo muito as minhas flores. Custa-me deixá-las. Mas, fique sabendo que te amo muito mais que a elas! Quero, não obstante, oferecer a Ti as minhas flores, porque por direito elas te pertencem. Eu sei que a fidelidade é virtude dos que amadurecem na luta, e eu quero amadurecer para o Teu amor. Te ofereço a minha fidelidade de hoje, feita de flores que palpitam e sangram, na certeza de que elas estarão mais seguras contigo.Não me importo com a dor. Ficar longe de você dói muito mais! ' 


E é isso, gente. Quero agradecer especialmente a todos os que comentaram o texto anterior, seja por aqui, ou por email. Queria dar um abraço muito apertado em todos vocês, sério. Não estou mais tão triste quanto estava naquela noite. Lembra de que o choro dura uma noite, mas a alegria vem pela manhã? rs. Sinto que o Senhor está comigo, e isso é uma promessa objetiva que independe da subjetividade dos meus sentimentos. Ele me ama, e é meu lugar seguro! Recomendo que leiam o livro de Oséias. Li no meu devocional de hoje, que foi de onde sangraram esses versos (sim, isso deveria ser um poema, mas eu não sei lidar com quadras e tercetos decassílabos). O capítulo 2 é uma das cartas de amor mais belas da história. É uma poesia cativante sobre um amor louco e possessivo: 
Por isso bloquearei o caminho dela com espinheiros; eu a cercarei de tal modo que ela não poderá encontrar o seu caminho.

Ela correrá atrás dos seus amantes, mas não os alcançará; procurará por eles, mas não os encontrará. Então ela dirá: ‘Voltarei para o meu marido como no início, pois eu estava bem melhor do que agora’. Os 2:8

Acho que essa é a essência de nossa tristeza e melancolia existencial. É Ele cercando-nos de espinhos, para que não tenhamos fuga. Para que enxerguemos que Ele é o único que merece nossas flores. É o único que nos ama louca e apaixonadamente. 



"Naquele dia", declara o Senhor, "você me chamará ‘meu marido’; não me chamará mais ‘meu senhor’.

Tirarei dos seus lábios os nomes dos baalins; seus nomes não serão mais invocados.

Naquele dia farei em favor deles um acordo com os animais do campo, com as aves do céu e com os animais que rastejam pelo chão. Arco, espada e guerra, eu os abolirei da terra, para que todos possam viver em paz.
Eu me casarei com você para sempre; eu me casarei com você com justiça e retidão, com amor e compaixão.
Eu me casarei com você com fidelidade, e você reconhecerá o Senhor. Os 2:16, 18-20

Perfeito, né? Eu estou sendo muito impactada por este assunto, lendo 'Em busca da alma feminina', o melhor livro do mundo! É como se eu ouvisse Deus cantar All I ask of you pra mim. Sim, eu sou doida, rs. Mas, infelizmente, o assunto do livro vai ficar para outro post, porque tá chovendo pra caramba aqui. 
Amo muito vocês, já disse? Digo de novo. Vocês são tesouros peculiares na minha vida! 
Beijos de batom!


P.S.: Quer sentir Jesus cantando All I ask of you pra você também? É uma das músicas que retrata com mais precisão o relacionamento vivo e íntimo com Ele. Sente-se na sua sala, enquanto todos ainda dormirem, e abra seu coração. Leia Oséias, ou o que Ele mandar. Você já pode ouvir? Em todo tempo Ele canta:


'Não vamos mais falar da escuridão Esqueça esses medos... Eu estou aqui, nada pode te ferir! Minhas palavras irão te aquecer e te acalmar! Deixe-me ser sua liberdade, deixa a luz do dia secar suas lágrimas... Eu estou aqui, com você, ao seu lado pra te guardar e te guiar... Deixe-me ser seu abrigo, deixe-me ser sua luz! Você está segura: ninguém te achará... Então diga que compartilhará comigo um amor, uma vida. Deixe-me conduzir você nessa sua solidão...Diga que precisa de mim com você aqui, do seu lado...'

2 comentários:

Lisandra Lucéli :D disse...

AAAH, lindeza de pessoa! Simplesmente digo que tirou as palavras dos meus pensamentos. (às vezes, gostaria de ter a facilidade que vc tem com as letras, :D). Então,adorei o post... não! não só adorei como realmente All I ask of you falou o que precisava ser ouvido HOJE. Você é incrível, eu já disse? Só pra completar, uma palavra do meu devocional de hoje:
"E você filho do homem [...] não tenha medo, ainda que o cerquem espinheiros e você viva entre escorpiões. Não tenha medo do que disserem, nem fique apavorado ao vê-los [...]. Você lhes falará as minhas palavras [...]. Mas você, filho do homem, ouça o que eu digo. Não seja rebelde como aquela nação; abra a boca e coma o que vou lhe dar." Ezequiel 2. 6-8

Juliane Oki Carraro disse...

Doroth, estou com lágrimas em meus olhos. Texto lindo, palavras sinceras de um coração puro. Desejo torna-las minhas palavras tbm. Como resistir a esse amor tão sobre humano? Podemos (e devemos!) nos entregar sem reservar, deixar que Ele tome todo nosso ser, que nos inunde com Sua paixão! Vc tem sido um irmã viu! Obrigada por suas palavras aqui e no Twitter. Já posso dizer que amo vc! Que a cada novo dia seu coração, alma e todo o seu ser seja tomado por esse amor. Que possamos cantar juntas: Venha Amado meu, queremos casar contigo! Bjss, Jubys